Descarte Seguro

Materiais perfuro cortantes precisam de descarte especial para que não tragam risco ao meio ambiente e nem ao usuário.

O descarte das seringas, agulhas e outros produtos de uso único, se feito de forma segura minimiza os impactos ambientais, e evita o risco de acidentes e doenças para os usuários, profissionais da saúde e da limpeza urbana.

 

Evite riscos: Não reutilize seringas e agulhas.

 

Seringas: se reutilizadas, permitem erros na dosagem do medicamento, pois apresentam desgastes na escala, e vazamento de ar e líquido através do pistão.

 

Agulhas: se reutilizadas, perdem sua capacidade de penetração na pele, causando dor ao usuário durante a aplicação, pois o bisel (ponta da agulha) foi danificado e sua lubrificação (silicone) perdida durante o primeiro uso.

 

Perfuro cortantes

São todos os objetos e instrumentos contendo canto, bordas, cantos ou protuberâncias rígidas e agudas capazes de cortar e perfurar ao mesmo tempo.

Os objetos perfuro cortantes constituem as lâminas, bisturi, agulhas, scalps, ampolas de vidro, vidrarias, lancetas e outros assemelhados, contaminados ou não por agentes químicos ou biológicos.

Os profissionais de saúde que atuam em laboratórios e têm contato direto com estes objetos devem realizar com segurança o descarte desses materiais.

 

Como descartar material perfuro cortante?

 

Após o uso o material deve ser imediatamente depositado nas caixas de descarte, que devem ficar localizadas o mais próximo possível do local de uso.

 

Identifique o recipiente com o material contaminado, o qual deverá ser incinerado ou aterrado de forma segura e correta. 

 

 

Recomendações:

Não quebrar, entortar, ou recapear agulhas ou qualquer material perfuro cortante;

Não retirar manualmente a agulha da seringa, caso seja indispensável a sua retirada, utilizar dispositivo próprio para função, Epiflex;

Descartar o material perfuro cortante em recipientes de paredes rígidas e com tampas;

Os recipientes não podem ser esvaziados e reaproveitados;

A caixa de descarte deve ser fechada e manipulada pelas alças. Em caso de contaminação por agentes biológicos a mesma deve ser acondicionada dentro de um saco de segurança.